Advogado do CV surta na cadeia, quebra móveis, acaba ferido e é indiciado por dano ao patrimônio público

O Advogado Manoel Elivaldo Batista Junior teve um surto psicótico  durante o final de semana na prisão. A confirmação foi feita pelo advogado criminalista Silvano Santiago, que tenta fazer a defesa de Manoel. O advogado está preso preventivamente desde o dia 24 do mês passado após aparecer em vídeos, divulgados nas redes sociais, com uma metralhadora e assumindo ser integrante da facção criminosa comando vermelho.

No fim da tarde de sábado, ele promoveu quebra-quebra dentro da cela, no quartel do Batalhão de Policiamento Ambiental, e acabou se ferindo. Elivaldo destruiu louças do banheiro e a cama da cela. Os policiais precisaram invadir para imobilizar o rapaz.

No mesmo dia em que foi preso o advogado teve o registro da OAB suspenso temporariamente por 90 dias. O advogado Silvano Santiago entrou com um pedido na semana passada para que o seu cliente seja submetido a exames psicológicos, mas o juiz ainda não se manifestou sobre o caso. Manoel Elivaldo teve que ser medicado. Após ser contido por policiais, o advogado foi levado à delegacia de flagrantes da Polícia Civil. Na DEFLA foi indiciado por dano ao Patrimônio publico.

O preso é mantido numa cela do batalhão por dois motivos: ter nível superior e em razão de possível retaliação que poderia sofrer se fosse colocado junto aos demais detentos que pertencem a facções rivais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *