Atlético Acreano dará 2 voltas e meia ao redor da Terra para chegar às finais da Série C

0
1

Pela primeira vez, um clube do Acre conheceu o acesso numa das divisões do Brasileiro. O Atlético, de Rio Branco, ficou em terceiro lugar na Série D de 2017 e foi promovido à Série C. Mas a rotina de seus jogadores em 2018 já é vista como uma grande aventura. O maior desafio da equipe vai ser lidar com as viagens de sua sede até a cidade dos adversários.

Considerando-se a distância aérea entre Rio Branco e o provável local dos jogos que vai disputar fora de casa, o Atlético poderá percorrer cerca de 80 mil quilômetros (ida e volta) se conseguir chegar à fase final da competição.

Vale ressaltar que uma volta ao redor da Terra equivale a 40 mil quilômetros.

“Uma maratona pesada. É como se fossem várias viagens internacionais a cada duas rodadas. Isso maltrata muito qualquer equipe”, disse ao Terra o presidente da Federação de Futebol do Acre, Antônio Aquino.

Esse deslocamento do clube acreano representaria ainda algo como quatro viagens de ida e volta de Fortaleza a Moscou, por exemplo. Ou um desgaste quase quatro vezes maior que o Corinthians no Brasileiro de 2017 – que viajou em torno de 22 mil quilômetros ao longo da competição.

Como a tabela do Brasileiro nas Séries A, B, C e D segue uma lógica – um jogo em casa e outro fora, assim, intercalados, com raras mudanças -, o Atlético-AC provavelmente vai ser o clube que mais viajará para a disputa do campeonato nacional em 2018, englobando-se todas as divisões.

“A logística do clube tem de ser muito bem estudada e o elenco mais numeroso, capaz de suportar todo esse desgaste. São situações de um país continental. Não há como fugir disso”, comentou Aquino.

A primeira fase da Série C é dividida em dois grupos, com dez equipes em cada um. Depois, a competição entra no sistema conhecido como mata mata até a decisão do título. Em geral, a CBF põe os clubes do Norte e Nordeste juntos no início da Terceira Divisão. Daí, essa projeção que pode significar uma saga para o Atlético-AC.

A reportagem é do Portal Terra

Confira a distância aérea de Rio Branco (AC) para as cidades-sedes dos demais times na Série C de 2018.

Rio Branco – Natal – 3.625 km (ABC)

Rio Branco – João Pessoa – 3.642 km (Botafogo-PB)

Rio Branco – Ribeirão Preto – 2.477 km (Botafogo-SP)

Rio Branco – Bragança Paulista – 2.686 km (Bragantino)

Rio Branco – Aracaju – 3.366 km (Confiança)

Rio Branco – Cuiabá – 1.418 km (Cuiabá)

Rio Branco – Ceará Mirim (RN) – 3.603 km (Globo)

Rio Branco – Joinville – 2.700 km (Joinville)

Rio Branco – Juazeiro (BA) – 2.997 km (Juazeirense)

Rio Branco – Lucas do Rio Verde (MT) – 1.343 km (Luverdense)

Rio Branco – Recife – 3.626 km (Náutico)

Rio Branco – Ponta Grossa (PR) – 2.514 km (Operário)

Rio Branco – Belém – 2.340 km (Remo)

Rio Branco – Salgueiro (PE) – 3.160 km (Salgueiro)

Rio Branco – Recife – 3.626 km (Santa Cruz)

Rio Branco – Tombos (MG) – 3.017 km (Tombense)

Rio Branco – Juiz de Fora – 2.924 km (Tupi)

Rio Branco – Volta Redonda – 2.887 km (Volta Redonda)

Rio Branco – Erechim (RS) – 2.553 km (Ypiranga)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here