Governo chama caçambeiros para negociar. Bloqueio às pontes é adiado, mas Deracre continua interditado

O governo chamou os caçambeiros para negociar. Uma reunião com a categoria está agendada para às 10 horas desta sexta-feira na Casa Rosada. Os trabalhadores adiaram o bloqueio das pontes metálica e de concreto sobre o Rio Acre, mas a sede do Deracre continua ocupada por máquinas. “Vamos ouvir o que eles têm a dizer. Não aceitaremos mais promessas fajutas. Nossa intenção não é prejudicar os cidadãos e o trânsito, mas a sociedade, graças a Deus, compreende que somos pais de família, temos dívidas, e não recebemos nossos direitos há dois anos e 8 meses”, disse Júlio Caçambeiro, presidente do Sintraba.

A chefe da Casa Civil, Márcia Regina, acionou a Polícia Militar para desbloquear o Deracre, na noite desta quinta-feira. Um oficial militar que comandou a operação pediu que os trabalhadores deixassem ao menos os funcionários do Deracre saírem com seus carros. Já era tarde.

“Nós aceitamos abrir para os funcionários saírem, afinal eles não têm culpa do que está acontecendo.  O que vai acontecer daqui pra frente só depende do governo nos pagar”, disse o sindicalista. Há trabalhadores dispostos a resistir até mesmo a investidas mais duras da polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *