Homem que matou aluno dentro de escola em Sena Madureira vai a júri popular

0
1

A Justiça de Sena Madureira determinou que Dione Alves, acusado pelo assassinato de um estudante de 16 anos vai a Júri popular. O crime aconteceu no dia 23 de maio do ano passado na Escola Raimundo Hermínio de Melo.  A decisão é do Juiz da comarca do Município, que considerou que existem provas suficientes para que o denunciado seja levado a Júri Popular.

Consta na denúncia – oferecida pelo o Ministério Publico Estadual – que Dione Alves e um adolescente de 17 anos invadiram uma das  salas  de aula do colégio  e na frente de alunos e professores efetuaram um disparo na cabeça do estudante Samuel Nascimento dos Santos de 16 anos.  A vitima ainda foi socorrida, mas morreu 4  dias depois no pronto socorro de Rio Branco.

Dione Alves e o menor foram localizados horas após o crime, no Bairro Cristo Libertador. O adolescente está sentenciado a cumprir medida socioeducativa de até 3 anos.  A sentença de pronúncia foi divulgada no último dia 27 e o julgamento  foi marcado para o dia 25 de Junho deste ano, a partir das 8:horas da manhã, no Fórum Desembargador Vieira Ferreira em   Sena Madureira.

Ao todo dez testemunhas estão arrroladas no processo – as duas professoras que estavam em sala de aula, sete policiais, entre civis e militares que fizeram a prisão dos acusados e o adolescente que participou do crime. O depoimento de E.S.F. de 17 anos é considerado peça chave, já que na fase de instrução ele assumiu a autoria do crime  e detalhou todo o planejamento. Vingança foi uma das motivações do crime, em razão de uma briga anterior

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here