Jorge Viana encoraja pressão popular em julgamento final de Lula e vê vexame do Judiciário

2
6

Para Jorge Viana houve uma celeridade fora do normal do TRF-4 durante o processo do recurso de Lula. Segundo o cálculo que vem sendo divulgado pela imprensa no Brasil, seria necessária a leitura de 2 mil páginas por hora para que o processo fosse apreciado no tempo em que está ocorrendo. “Isso são fatos divulgados, inclusive por setores da grande imprensa que apoiam essa verdadeira caçada contra o presidente Lula, que apoiaram o impeachment sem crime de responsabilidade, mas que nem eles conseguem esconder. É um verdadeiro vexame para o judiciário brasileiro”, afirmou o senador ao site Sputnik.

Questionado sobre uma possível candidatura de Dilma Rousseff a algum cargo nas próximas eleições, Jorge Viana despistou, dizendo que não, mas que ela tem pensado no assunto. Caso o recurso de Lula seja negado, é possível que ele não consiga se candidatar à  presidência, em 2018. A definição sobre isso, no entanto, só será conhecida após agosto deste ano.

O senador concluiu a entrevista apontando que seu partido não pensa em recuar das manifestações durante o julgamento, e que apoia os movimentos que se mostram solidários ao ex-presidente. “Nós vamos seguir fazendo os movimentos no sentido de mostrar solidariedade para ele, juntar a sociedade brasileira por justiça e denunciar esse esquema, esse jogo de cartas marcadas de que o presidente Lula está sendo vítima. É um absurdo, no século XXI, nos tempos que temos hoje, você ver um golpe sendo materializado com a conivência que vai de setores da Polícia Federal, a setores do Ministério Público e setores do Judiciário brasileiro”, apontou. Jorge Viana afirmou que o PT não pensa em um plano B para candidato à presidência

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here