Mulher que planejou execução do namorado é presa durante visita na cadeia. “Tribunal do Bonde” deu a sentença de morte

Brenda Freitas da Silva, de 21 anos, foi presa na tarde deste domingo durante visita no Presídio Antonio Amaro Alves.  Brenda teve a prisão preventiva decretada pela acusação de homicídio. De acordo com a investigação da DECCO, “Grinaa”, como e mais conhecida, namorava Maikon da Silva Pereira e ambos integravam uma facção criminosa.

Ela chegou a denunciar o namorado ao conselho do “Tribunal do Bonde dos 13”, que decretou a morte do rapaz considerando que as agressões domésticas não cessaram. O crime aconteceu em marco de 2016 no Bairro Mocinha Magalhães, na residência onde o casal morava.

A polícia apurou que “Grinda” teria deixado a porta aberta. O que chamou a atenção é que no dia anterior ao crime, Maikon foi preso por trafico de drogas, mas foi solto na audiência de custódia. Outros 12 conselheiros do Tribunal do Bonde foram denunciados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *