Presos cortam tornozeleiras atendendo a ordens de facções para cumprir “missões” na rua

Pelo menos três presidiários em liberdade condicional de Sena Madureira estão sendo procurados após cortarem suas tornozeleiras eletrônicas. Trata-se de dois homens e uma mulher: Makson Magalhães, Manoel Silva e Elivânia Paiva. Um deles, Makson Magalhães, é suspeito de envolvimento em um homicídio ocorrido na semana passada no Bairro Eugênio Areal. “Nos últimos dez dias foram três que cortaram as tornozeleiras eletrônicas por pressão das facções pra que possam fazer as missões deles”, informou um agente de segurança que preferiu não se identificar. Qualquer informação sobre o paradeiro dos mesmos é só ligar para o 190, da Polícia Militar, ou no número: (68) 9 9604 9388, do monitoramento eletrônico. Diante dessas três ocorrências, a central de monitoramento do presídio de Sena está em alerta total.

Fonte: senaonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *