No menu items!
24 C
Rio Branco
domingo, setembro 27, 2020

Novos aquaviários são formados no Acre

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

A Agência Fluvial de Cruzeiro do Sul (AgCSul) realizou no ultimo mês ação de presença no Porto do Município de Rodrigues Alves, no Acre. Foram abordadas, diariamente, balsas que faziam travessia no trecho Rodrigues Alves a Cruzeiro do Sul (AC), além da realização de reunião com os proprietários de embarcações. A AgCSul também promoveu o Curso de Formação de Aquaviários, com uma turma de 29 alunos.

A reunião com os proprietários de embarcações teve o propósito de conscientizá-los sobre a importância do uso de coletes salva-vidas, a regularização da documentação das embarcações e prevenir o excesso de carga.
A ação resultou, ainda, em dois processos de inscrição de embarcação, dois de alteração de dados cadastrais e dois de atualização de caderneta de inscrição e registro. Houve ainda a realização de uma palestra para crianças na faixa etária de seis a 14 anos, com orientações sobre a prevenção da poluição hídrica, a obrigatoriedade do uso de coletes e a divulgação dos serviços prestados pela AgCSul.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui