CPI dos Transportes Coletivos: 85% do relatório está pronto faltando analisar mil páginas de aditivos

Vereador Jackson Ramos, relator da CPI,

A CPI dos Transportes coletivos em Rio Branco deveria encerrar os trabalhos na próxima sexta-feira dia 23, quando completa 90 dias. Mas o relator da Comissão pediu mais 15 dias para analisar documentos enviados pela prefeitura. São mais de mil páginas de aditivos nos contratos entre a prefeitura e as empresas do transporte coletivo. São relatórios exigidos pelo vereador Roberto Duarte, que, apesar de ser um dos membros da CPI, acredita que ela via terminar em pizza. Dos 5 membros, 3 são da base do prefeito, (que está sendo investigado). Um deles é Eduardo Farias, líder de Marcus Alexandre na Câmara.

Para piorar ainda mais a situação, mesmo faltando a análise dos aditivos, o relator, Jackson Ramos, já está com 85% do relatório pronto. Possivelmente, mesmo encontrando irregularidades, o relatório será altamente positivo à prefeitura. O vereador Roberto Duarte, que está viajando, disse que vai montar um relatório paralelo mostrando as irregularidades do contrato. Segundo o parlamentar a prefeitura assinou os contratos mesmo com débitos fiscais e trabalhistas, devidos pelos empresários – o que é proibido pela lei de responsabilidade fiscal.

O relatório da CPI deve ser apresentado até o dia 17 de julho, quando se inicia o recesso parlamentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui