No menu items!
27 C
Rio Branco
sábado, setembro 26, 2020

Veja fotos da superlotação causada pela falta de leitos no Huerb

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

A Observação do Hospital de Urgência e Emergência (Huerb) nunca esteve tão lotada como nos últimos dias. Por toda a parte há expedientes internos assinados pela direção da unidade proibindo fotografias e filmagens. A reportagem de acjornal.com teve acesso a imagens em que pacientes adultos, inclusive idosos, aparecem em macas geladas, sem forro, nos corredores da sala. Faltam leitos em grande número. Os enfermos são vistos em cadeiras de roda. As roupas de cama são levadas pelos acompanhantes, que dormem em cadeiras de plástico.

Noites longas

Francisca Pereira se emocionou ao relatar o problema do filho de 26 anos. “Estamos aqui há três dias. O médico não sabe o que meu filho tem. São dores de cabeça muito fortes. Estamos aguardando um leito ser liberado para meu filho. Enquanto isso, o resultado dos exames não sai”, disse mulher na noite do último domingo. O rapaz tem suspeita de um edema no cérebro.

Descaso

Já a dona-de-casa Fátima Gomes, que acompanha o filho menor de 16 anos, se irrita com o que chamou de “descaso”. O adolescente também aguarda exames e passa as noites sobre uma cadeira reclinável sem nenhum conforto. “Não sei se tenho mais piedade de todos aqui ou se me concentro apenas no meu filho. Não queira passa por isso”, desabafou a mulher.

Big Brother

Um grupo de enfermeiros lamentou a situação nada digna com que os pacientes são tratados. E evitaram comentar publicamente a eterna falta de leitos no Huerb. A direção do hospital mandou instalar câmeras nos corredores para monitorar todos os movimentos de pacientes, acompanhantes e jornalistas que, eventualmente, tentam flagrar as condições desumanas d entro do hospital.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui