No menu items!
25 C
Rio Branco
sábado, outubro 24, 2020

Expoacre vem aí: Wesley Safadão tem cachê de R$ 600 mil e Bruno e Marrone, R$ 350 mil

Últimas

Gladson busca apoio do Exército para ofertar água potável em comunidades indígenas e ribeirinhas

Da Secom Os esforços do governador Gladson Cameli para melhorar a qualidade de vida da população acreana não param. Cumprindo agenda em Manaus (AM), nesta...

Polícia investiga prefeito do Acre e suas amantes, que são fantasmas e ostentam na Internet

Enquanto a maioria dos servidores da prefeitura de Xapuri trabalha jornadas de oito horas diárias para ganhar um salário mínimo, duas eventuais funcionárias comissionadas...

Número de alunos entrando no ensino superior público caiu em 2019

O número de alunos entrando em universidades públicas em 2019 foi de 559 mil, uma queda de 3,7% em comparação à quantidade de estudantes...

STF: plenário vai julgar obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou urgência na tramitação de ações ligadas à vacinação contra a Covid-19. Com isso, o magistrado...

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Coronavac

Após ser acusada pelo Instituto Butantan de retardar a fabricação da vacina da farmacêutica Sinovac, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira...

Cachês exorbitantes serão pagos às principais atrações da Expoacre 2017. O mais caro, estimado entre R$ 500 mil a R$ 600 mil, será o do cantor Wesley Safadão. Faltam cerca de 35 dias para a cavalgada, que voltará a ocorrer num sábado. Wesley Safadão é listado pelo Portal R& como um dos artistas mais caros da atualidade, ficando atrás apenas de Roberto Carlos, Ivete Sangalo e Zezé Di Camargo e Luciano. Safadão se tornou referencia em hits. Todas as participações especiais realizadas com o cantor se tornaram sucessos nas rádios. Do forró ao sertanejo, ele conquistou multidões e faz shows pelo país cobrando o cachê de R$ 500 a 600 mil. É um dos shows mais caros do Brasil, porém ele consegue lotar suas apresentações com mais de 3 horas de duração”, diz a publicação.

Bruno e Marrone

A dupla sertaneja Bruno e Marrone também foi confirmada na Expoacre pela Secretaria de Turismo e pelo assessor especial do governo, Dudé Lima. Os sertanejos cobram cerca de R$ 350 mil, sem contar a produção local para o evento e outras obrigações do contratante, como hospedagem, passagens e alimentação. O Gabinete Civil do governador Tião Viana não comentou os valores que serão pagos, embora os tempos de crise exijam austeridade e economia dos recursos públicos.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui