No menu items!
31 C
Rio Branco
quarta-feira, setembro 30, 2020

Rbtrans caça 30 motoristas do UBER. Multa rende 7 pontos e veículos serão aprendidos

Últimas

Menor contratado por empresa de Internet morre eletrocutado na BR 317

Vanderson de Assis, um jovem de 16 anos, morreu eletrocutado no início da tarde desta quarta feira na Comunidade Campi Novo, km 105 da BR...

Presidente Nicolau Júnior anuncia que emendas parlamentares serão liberadas a partir dessa semana

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (PP), informou durante sessão desta quarta-feira (30) que a partir dessa semana já...

Presidente do Sindicato das Olarias, ligado à Fieac, é denunciado por esmurrar a sogra

O empresário Márcio Valter Agiolfi, presidente do Sindicato de Olarias do Acre, foi denunciado pela promotora Joana D´Arc Dias Martins, por lesão corporal. A...

Porto Acre: com início das chuva, produtor rural faz apelo ao governo do estado

O produtor rural e atualmente candidato a vereador pelo município de Porto Acre, Jornalista Salomão Matos (MDB), fez um apelo na tarde desta segunda...

Professor Coelho, coordenador da campanha de Bocalom, nega que Bestene tenha atacado Gladson: “não vi isso”

O professor Coelho, coordenador da campanha de Tião Bocalom, candidato à Prefeitura de Rio Branco, deu um testemunho ao acjornal desmentindo que o deputado...

A Rbtrans, autarquia municipal para o transporte público em Rio Branco, deu início a uma caçada aos cerca de 30 motoristas que aderiram ao UBER na capital. Os agentes de trânsito receberam orientações superiores para multar os condutores e apreender os veículos.

A ordem para tirar de circulação esse tipo de serviço foi motivada por um parecer do procurador jurídico da Prefeitura de Rio Branco, Paskal Kalil. O documento considera ilegal e clandestino o serviço de transporte remunerado de passageiros a partir do aplicativo UBER.

O procurador argumenta que uma lei em tramitação no Congresso Nacional precisa ser aprovada, dando poderes às prefeituras para regulamentar o serviço. “Antes disso, é completamente irregular”, disse.

Com base nesse argumento jurídico, a Rbtrans decidiu cumprir á risca o Código de Trânsito. A multa é de natureza gravíssima e o condutor perderá 7 pontos na CNH




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui