Rbtrans caça 30 motoristas do UBER. Multa rende 7 pontos e veículos serão aprendidos

A Rbtrans, autarquia municipal para o transporte público em Rio Branco, deu início a uma caçada aos cerca de 30 motoristas que aderiram ao UBER na capital. Os agentes de trânsito receberam orientações superiores para multar os condutores e apreender os veículos.

A ordem para tirar de circulação esse tipo de serviço foi motivada por um parecer do procurador jurídico da Prefeitura de Rio Branco, Paskal Kalil. O documento considera ilegal e clandestino o serviço de transporte remunerado de passageiros a partir do aplicativo UBER.

O procurador argumenta que uma lei em tramitação no Congresso Nacional precisa ser aprovada, dando poderes às prefeituras para regulamentar o serviço. “Antes disso, é completamente irregular”, disse.

Com base nesse argumento jurídico, a Rbtrans decidiu cumprir á risca o Código de Trânsito. A multa é de natureza gravíssima e o condutor perderá 7 pontos na CNH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui