No menu items!
23 C
Rio Branco
domingo, setembro 27, 2020

“Traidores”, diz N. Lima ao deixar o Dem. Vereador deve filiar-se ao PPS

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

Não adiantou o DEM espernear. O vereador N. Lima entregou sua carta de desfiliação e não quer saber de conversa com os Democrata, aos quais chama de “traidores”. Disse ele: “eu enviei documento as direções nacional e regional sobre minha intenção de ser deputado federal, aí eles me aparecem com essa agora. Sequer falaram comigo”, reclamou. “O DEM está tão perdido que até me sugeriu para não sair da oposição. Para onde mais eu iria? Eu sou o mais ferrenho defensor de uma candidatura forte para derrubar a frente popular”, disse.

O vereador pode migar para o PPS. Disse que a decisão do DEM e da ala do PSDB do lado do deputado federal Major Rocha podem desarticular o nome mais forte para o governo do Acre pela oposição, que é o Senador Gladson Cameli. Para Lima, agora é hora de a oposição apresentar uma referência. O vereador citou uma lista de políticos que “em véspera de eleição saíram da frente popular, e assim que passaram as eleições voltaram para os braços dos Vianas. Não dá para acreditar nesse povo”, atirou. Na lista de N. Lima estão Fernando Melo e Luiz Tchê.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui