Dois morreram em 30 dias por falta de neurocirurgião no Juruá. Médico cobra promessa não cumprida por Tião Viana

Print da postagem em que o médico Theobaldo Dantas lembra promessa não cumprida pelo Governo do Acre

A situação dos moradores da cidade de Cruzeiro do Sul em relação a saúde continua difícil. Passados 30 dias da promessa oficial em encaminhar um cirurgião neurológico, ainda não se tem notícias da chegada do profissional e a população continua exposta. Em caso de qualquer problema na região cerebral do paciente, ele não terá o devido atendimento.

A falta de neurocirurgião na cidade já dura quatro anos e quando é necessário o atendimento por parte deste profissional, é preciso se deslocar para Rio Branco. Mas isso só acontece quando o paciente tiver condições e não correr risco de morte durante a viagem. Já foram registrados óbitos por conta da falta deste especialista.

O descaso vem sendo denunciado pelo médico Theobaldo Dantas já faz algum tempo. Ele tem acompanhado o drama da população e, inclusive, visto vários pacientes morrerem por falta do atendimento adequado. “Há um mês, foram dois jovens, um de 16 e outro com 22 anos”, lembra o médico, que tem feito reclamações pelas redes sociais. “Já estamos há 4 anos sem o serviço de neurocirurgia”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui