No menu items!
27 C
Rio Branco
segunda-feira, setembro 28, 2020

Movimento Hip Hop Acreano fará “grande manifestação” na Assembléia Legislativa, nesta 3ª, por liberdade de expressão

Últimas

E agora, Bittar? Uso do Fundeb para Renda Cidadã é mascarar teto de gastos públicos, diz ministro do TCU

O ministro do TCU Bruno Dantas criticou nesta segunda-feira a proposta apresentada pelo governo para financiar o Renda Brasil. Para ele, usar recursos do...

Showmícios em tempos de Covid e o recado a quem propaga Fake News

A Justiça Eleitoral não pretende expedir regras para o protocolo sanitário de comícios, afirmou a assessora especial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Roberta Gresta,...

OCA e mais saúde: no niver de Cruzeiro do Sul, Gladson Cameli anuncia mais investimentos

Por Samuel Brian Da Secom Famosa pela farinha de alta qualidade, pelos biscoitos de goma, pela catedral de arquitetura alemã, suas grandes ladeiras e águas escuras...

Utilidade pública: Guia Eleições 2020 orienta candidatos sobre transporte público

Esclarecer e orientar tecnicamente a formulação de soluções para os problemas do transporte público, tais como custo e tarifa, infraestrutura e modelo de contratação...

Bolsa cai e dólar aumenta após Bittar anunciar recursos do Fundeb para Renda Cidadã

O relator da PEC Emergencial, senador Márcio Bittar (MDB-AC), falou na tarde desta segunda-feira que o governo vai usar recursos do Fundeb para financiar...

O Movimento Hip Hop Acreano organizado anuncia uma “grande manifestação”, a partir das 8 horas desta terça-feira (4), no Cacimbão da Capoeira. Outros movimentos culturais  CH2, MHG e FU se uniram para pedir respeito á liberdade de expressão. Os manifestantes são os mesmos que tiveram suas atividades suspensas na última semana numa ação que eles consideraram “truculenta” da Polícia Militar. Na ocasião, havia uma espécie de gincana de poesias e, segundo argumentou a PM, a ação policial foi motivada por denúncias anônimas. A Assessoria de Comunicação da Polícia Militar informou que os moradores reclamavam de cheiro forte de maconha e som alto, fora do horário permitido (além das 23:30 horas). Um professor, integrante do movimento de Hip Hop, foi detido, causando revolta generalizada. O movimento negou o uso de drogas e entende que os militares foram abusivos.

Em nota, os organizadores contestam a versão da polícia e dizem que o manifesto desta terça-feira será pacífico, com o objetivo de fazer cumprir a Constituição Federal. “Será um ato pacífico. Agradecemos desde já a todos que comparecerem. Hoje somos nós ,amanha pode ser você ou alguém da sua família.. paz”.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui