Publicitária e portal de notícias rompem com prefeito de Sena. Ninguém quer trabalhar com ele

O prefeito Mazinho Serafim (PMDB), de Sena Madureira, abrirá procedimento legal para contratar empresa de comunicação. A gestão do peemedebista é diariamente criticada em razão de decisões que a população da cidade reprova. No município, são poucos os radialistas que aceitam trabalhar para o prefeito, conhecido pelo seu temperamento difícil e sua incapacidade de se relacionar com pessoas.  A parceria com a publicitária Charlene Lima, presidente do PTB, também chegou ao fim. O desgaste era inevitável. Apesar disso, a empresária e o prefeito evitam comentar o assunto. Também está interrompida a parceria da prefeitura com uma empresa de comunicação de Rio Branco. A direção do site na capital considerou abusivas as orientações do prefeito para produzir reportagens que afrontam a ética jornalística.

Mazinho teria sugerido, por diversas vezes, que a empresa promovesse ataques a repórteres que criticam a sua gestão. Uma jornalista que decide sobre a linha editorial da empresa julgou impróprio atacar colegas de profissão. Pessoas próximas a ela disseram que o portal continua respeitando as decisões do prefeito, muito embora discorde das mesmas, e tem apreço por muitos gestores da cidade, mas “foi melhor assim”. Antes mesmo de assumir o cargo, Mazinho declarou que não precisa de jornalista para mostrar “os bons resultados” de sua administração. O tempo está mostrando o quanto ele estava errado. Mazinho não tem avaliação convincente e precisa ser mais humilde, literalmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui