No menu items!
29 C
Rio Branco
terça-feira, setembro 29, 2020

Mulheres criam grupo de carros modificados no Acre. Conheça o “Penelop´s Clube”

Últimas

Sena Madureira já registrou 34 casos de abuso sexual contra crianças em 2020. Agressores são pais, avôs, tios e outros parentes

O número de ocorrências de abuso sexual contra crianças no terceiro maior município acreano aumentou cerca de 26% nos últimos nove meses em relação...

Coligação Produzir Para Empregar lança logo mais campanha oficial de Bocalom e Marfisa

A Coligação Produzir Para Empregar lançará logo mais, às 18:30h, a campanha do professor Tião Bocalom e da sua vice, Marfisa Galvão, à Prefeitura...

Acre: BB limita cinco atendimento ao dia e candidatos são impedidos de tocar campanha; jornalista reage

Candidatos a prefeito e vereador que estão tentando abrir contas bancárias nas agências da capital denunciam que as instituições privadas estão se recusando a...

Nicolau Júnior prestigia comemorações dos 116 anos de Cruzeiro do Sul

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), participou na manhã de ontem (28), ao lado do governador Gladson Cameli,...

Fake News: milicianos de Kinpara e Bocalom mentem sobre Socorro Neri ter rejeitado Ney Amorim. Ex-deputado coordena campanha da prefeita

Socorro Neri nem pisou na rua para a campanha propriamente dita. Despacha como prefeita e não está preocupada com o que acontece lá fora. Mas tudo...

Quem disse que carros modificados são exclusividade apenas de homens? Muitas mulheres também demonstram ter interesse nas adaptações dos veículos automotivos. No Acre, por exemplo, um grupo delas decidiu criar o ‘Penelop’s Clube’, baseado na famosa personagem que participava da série animada Corrida Maluca. A ideia é reunir mulheres que são apaixonadas por carros modificados e surgiu a partir da percepção da criadora de que praticamente todos os grupos que existiam ao redor do assunto eram compostos, em sua grande maioria, por homens. A ideia realmente mostrou que existem diversas mulheres interessadas em carros.

Sem carro também vale

De acordo com os dados atuais, o grupo conta com apenas 12 mulheres que possuem carros modificados, por enquanto. Mas, ao todo, os eventos já costumam reunir em torno de 200 pessoas, sendo a grande maioria mulheres. A criadora do grupo, , Glauciane Façanha de Souza, afirmou que abriu as portas do seu clube para mulheres sem carro justamente por entender que as mulheres precisam ser acolhidas nestes espaços, mesmo que estejam querendo apenas mais informações sobre a modificação de veículos.

Lado social

Atualmente praticamente todos os encontros possuem como tema a caracterização dos veículos de uma forma geral. Mas o grupo também já demonstra preocupações com questões sociais, prevendo a organização de encontros solidários para ações como arrecadação de alimentos ou brinquedos para as crianças. A preocupação realmente e envolver as mulheres em todas as questões relacionadas a organização do clube de uma forma geral. Tanto é assim, que, dos 10 patrocínios que o clube possui atualmente, 8 são de mulheres. Algumas das integrantes do grupo inclusive já atuaram na área automotiva, trabalhando em áreas mecânicas, por exemplo.

O rosa predomina

Nos projetos de modificação de veículos que podem ser encontrados no clube, o rosa acaba predominando. Inclusive um dos veículos que costuma chamar mais a atenção nos encontros é um fusca, que foi devidamente envelopado com um adesivo da Penélope Charmosa no capô. Para participar do clube, as mulheres precisam realmente demonstrar que gostam de carros modificados, sem a necessidade de ter um no momento. Para mais informações sobre a entrada no grupo ou sobre os eventos organizados pelo “Penelop’s Club”, acesse a página do grupo no Facebook.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui