Interditados 2 centros cirúrgicos, a lavanderia e a Central de esterilização da Santa Casa no AC. Hospital atendia a Unimed

Dois centros cirúrgicos e a lavanderia da Santa Casa de Misericórdia de Rio Branco foram interditadas, a mando do Ministério Público. O lacre foi comunicado à direção do hospital no início da noite desta quarta-feira, no momento em que o oftalmologista Paulo Velloso se preparava para procedimentos cirúrgicos em pacientes com problemas de visão.

A Central de esterilização também está imprópria para o uso. Os três ambientes apresentam condições inadequadas, em razão de um elevado grau de insalubridade. A lavanderia e a Central de esterilização prestavam serviços para a Unimed, indicando que os pacientes que contrataram planos de saúde particular poderiam estar sujeito a inconsistências na prestação desse serviço.

O provedor da Santa Casa, José Alex, não pôde atender à reportagem. “Ele está em reunião”, disse a atendente. A interdição ocorreu sob recomendações do promotor de justiça Marco Aurélio, da Promotoria de Direitos Humanos e Cidadania.

A reportagem de acjornal.com está apurando mais informações.

Nossos repórteres tentam localizar os gestores da Unimed e da própria Santa Casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui