“Capangas do PT” barram pizzas em ato contra “CPI imunda” dos Transportes Públicos. Mesa-diretora vê “campanha antecipada”

Francineudo, dirigente tucano

Por ordens da Presidência da Câmara Municipal de Rio Branco, um grupo de manifestantes foi impedido de entrar no prédio com pizzas. O protesto é contra o relatório do vereador Jackson Ramos (PT), para quem “não houve irregularidades na renovação de contratos de concessão entre as empresas de ônibus e a prefeitura”. Ramos também é alvo de duras críticas por centenas de internautas. Segundo o parlamentar, “nunca houve prejuízo para a população que utiliza estes meios de transportes”.

Segurança impedem entrada de manifestantes

A mesa diretora da câmara sustenta que o grupo pretendia fazer campanha política dentro do parlamento. O presidente do PSDB, Francineudo Costa,  estava entre os manifestantes indignados com o prenúncio de que a CPI não fará justiça social. Num vídeo de autoria da jornalista Lilia Camargo (veja aqui) é possível ouvir um dos segurança dizendo: “vocês querem fazer baderna”. Renê Fontes nominou os segurança de “capangas do PT”. Para os manifestantes “essa CPI imunda” não retratou a verdade até o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui