No menu items!
31 C
Rio Branco
sexta-feira, setembro 25, 2020

Novo salário mínimo terá aumento de míseros R$ 42,00

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

O novo salário-mínimo do País, que entra em vigor em 1º de janeiro de 2018, será de R$ 979, alta de R$ 42, ou 4,48% sobre os atuais R$ 937, conforme estabelece a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, aprovada na última quinta-feira pelo Congresso Nacional.

O projeto da nova LDO estabelece o valor do novo piso nacional com base na estimativa do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de quase 4,5% para o próximo ano. O indicador do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é utilizado como parâmetro para a inflação oficial do País e afere o comportamento dos preços para as famílias com rendimentos mensais entre um e 40 salários-mínimos e residentes nas áreas urbanas, ou aproximadamente 90% das famílias brasileiras.

Para calcular o Orçamento do próximo ano, o projeto proposto pelo governo também fez estimativa de crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,5%, ou o conjunto de riquezas geradas na economia, além da taxa básica de juros Selic em 9%. A taxa serve de referência e é utilizada pelos bancos e lojas para estabelecer os encargos dos empréstimos para o consumidor e as empresas.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui