Policial desastrado dá tapa na cara de trabalhador confundido com assaltante

Rapaz voltado do almoço e se diria para o trabalho quando levou tapa de policial

Um trabalhador de 26 anos voltava do almoço e se dirigia para o trabalho quando foi surpreendido por um policial que lhe desferiu um tapa no rosto, por volta de 13:30hs desta quarta-feira. Anderson Lima da Silva trabalha como pintou e foi confundido com um dos assaltantes da Loja Gazim. O assalto ocorreu início da tarde.

“Eu estava caminhando com o capacete na cabeça, mas com o rosto descoberto. Eu ia pegar a minha moto depois de almoçar com minha esposa e meus dois filhos. Aquele policial nem fardado estava. Nem se identificou e me deu um tapa, como se eu fosse bandido. Eu não sabia o que estava acontecendo. Depois, ele saiu fora e nem pediu desculpas”, disse o trabalhador. O rapaz tem várias testemunhas do ocorrido e vai buscar seus direitos na Corregedoria da PM. A loja Gazin assaltava fica no Bairro Vanderley Dantas. A polícia fazia a busca aos suspeitos no Bairro Raimundo Melo, onde Anderson reside.

O pai de Anderson, Antônio Silva e Silva, que é ferreiro, está indignado. O homem não conseguiu falar com nossa reportagem diante do seu estado emocional.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui