No menu items!
28 C
Rio Branco
sexta-feira, setembro 25, 2020

Assaltante da Loja da Vivo na Estação Experimental tinha 17 anos e foi executado no Taquari

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

Silas, de camiseta preta, assaltou a loja da Vivo no sábado e foi executado nesta terça.

O adolescente Silas Correia Gomes, 17 anos, assassinado com três tiros na tarde desta terça-feira (25), participou do assalto à loja da Vivo da Estação Experimental, no sábado passado. Silas jogava video game na residência de amigos, na Rua Sol, no bairro Taquari, quando foi alvejado no tórax e no ombro.  A polícia tem dificuldades para elucidar o crime. Os assassinos estão foragidos. Suspeita-se que a vítima não tenha cumprido o acordo para a partilha dos produtos roubados. Não se sabe em quais assaltos recentes Silas se envolveu.

No sábado pela manhã, Silas entrou na loja da Vivo se passando por cliente. Tirou um revólver do cós da bermuda, rendeu todos os atendentes e recolheu celulares e notbooks. Um comparsa ainda não identificado participou do crime. No vídeo, o rapaz que foi executado no Taquari aparece de camiseta preta.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui