No menu items!
27 C
Rio Branco
quinta-feira, outubro 1, 2020

Prefeito é criticado após proibir entrada de comida e bebida e mandar cobrar estacionamento no Festival de Praia de Manuel Urbano

Últimas

Menor contratado por empresa de Internet morre eletrocutado na BR 317

Vanderson de Assis, um jovem de 16 anos, morreu eletrocutado no início da tarde desta quarta feira na Comunidade Campi Novo, km 105 da BR...

Presidente Nicolau Júnior anuncia que emendas parlamentares serão liberadas a partir dessa semana

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (PP), informou durante sessão desta quarta-feira (30) que a partir dessa semana já...

Presidente do Sindicato das Olarias, ligado à Fieac, é denunciado por esmurrar a sogra

O empresário Márcio Valter Agiolfi, presidente do Sindicato de Olarias do Acre, foi denunciado pela promotora Joana D´Arc Dias Martins, por lesão corporal. A...

Porto Acre: com início das chuva, produtor rural faz apelo ao governo do estado

O produtor rural e atualmente candidato a vereador pelo município de Porto Acre, Jornalista Salomão Matos (MDB), fez um apelo na tarde desta segunda...

Professor Coelho, coordenador da campanha de Bocalom, nega que Bestene tenha atacado Gladson: “não vi isso”

O professor Coelho, coordenador da campanha de Tião Bocalom, candidato à Prefeitura de Rio Branco, deu um testemunho ao acjornal desmentindo que o deputado...

Foram quatro anos de apelos públicos para que o tradicional Festival de praia de Manuel urbano voltasse a ser prioridade. E o clamor da população foi atendida. Porém, com ressalvas muito antipáticas, segundo avaliam os internautas da região do Purus. O prefeito Tanizio Sá (PMDB) decidiu cobrar estacionamento e proibiu a entrada de bebidas e comidas. Os banhistas e curiosos que comparecerem ao evento terão que comprar alimentos e bebidas das barracas credenciadas pela prefeitura. O valor do estacionamento será disciplinado numa tabela que ainda será divulgada. O festival está previsto para os dias 5, 6 e 7 de agosto. A atração principal é a Banda Rabo de Vaca, do Amazonas.

Para os internautas,  o prefeito não pode “privatizar” a praia. Há, no entanto, quem concorde com a prefeitura, sobretudo quanto á cobrança pelo estacionamento, como medida acertada para evitar rubos e arrombamento dos veículos – o que causaria ocorrências policiais além do aceitável. Veja na galeria abaixo os comentários dos internautas. A reportagem não conseguiu contato com o prefeito. O portal da prefeitura informa um número de celular ( 999945-4232) que não está ativo.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui