No menu items!
31 C
Rio Branco
sexta-feira, setembro 25, 2020

Antônia Lúcia faz defesa pública de pastor denunciado por pedofilia e ataca imprensa:”vagabundos”

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

César, o pastor que pode ser condenado a 8 anos por pedofilia, em uma de suas entrevistas com a proprietária da Boas Novas, Antônia Lúcia.

A ex-deputada federal Antônia Lúcia (PR) anunciou em sua emissora de rádio, a Boas Novas, na manhã desta quinta-feira, que vai fazer o possível para provar a inocência do pastor Luiz César Moreira, acusado de violentar um garoto de 11 anos. O pastor foi afastado de suas funções na emissora, em razão de pressões exercidas por grupos evangélicos ligados à missionária e em decorrência da imensa repercussão após revelações exclusivas do caso pelo site acjornal.com. “O que esse povo quer ver é o pastor Moreira bêbado, usando drogas, se prostituindo, convencido do mal”, disse a ex-deputada, que assumiu o lugar do acusado para defendê-lo e dizer que, no passado, também foi injustiçada em acusações de agenciamento der menores. Ela insinua ser vítima de uma vingança política. “Se depender da irmã e da amiga Antônia Lúcia, a justiça será feita”, completou

Luiz César é amigo pessoal da ex-parlamentar e foi denunciado pelo promotor de justiça Mariano Jorge de Souza Melo, por prática de pedofilia. O MPE pediu condenação a 8 anos de prisão em regime fechado.

A vítima é sobrinha da mulher com quem o pastor ainda é casado e a violência aconteceu por três vezes seguidas, sempre na residência da família, segundo relato do próprio garoto, dos seus responsáveis, e da denúncia oferecida ao Poder Judiciário. Antônia Lucia foi vice-presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados à época em que a polícia do Acre prendeu vários acusados de abusar sexualmente de meninas e meninos, na que foi conhecida “Operação Delivery. Ainda investida no mandato de deputada, Lúcia chegou a afirmar: “a Comissão (da qual ela era vice presidente) tem a função de acompanhar os desdobramentos da Operação Delivery em todo País”.

“Se ele for culpado, que preste contas perante a lei dos homens e aos olhos do Senhor. Eu friso mesmo, o lugar de pedófilo é na cadeia, mas um inocente, um justo, terá sempre o meu apoio. A ex-parlamentou chamou o acjornal.com de “vagabundo” e anunciou que está constituindo advogado para fazer a defesa do amigo. Luiz César continua afastado de suas atividades como locutor de rádio, mas é visto na emissora todos os dias.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui