Estudante que cometeu suicídio no Ruy Lino se despediu com canção “disco voador”, de Raul Seixas

A jovem estudante do Ifac Evelyn Caruta deixou em sua página no facebook a estrofe da canção “Disco Voador”, de Raul Seixa, antes de cometer suicídio, neste domingo, em sua residência, no Conjunto Rui Lino. A canção começa com os dizeres “hoje é domingo, missa e praia, céi de anil, tem sangue no jornal, bandeiras na Avenida Zil”. O trecho escrito por Evelyn retrata a sua intenção de tirar a própria vida: “Oh! Oh! Oh! Seu Moço, Do disco voador, Me leve com você, Pra onde você for, Oh! Oh! Oh! Seu Moço, Mas não me deixe aqui, Enquanto eu sei que tem, Tanta estrela por aí”.

Amigos da Evelyn rapidamente reagiram nas redes sociais, demonstrando surpresa e desejando pesar à família. Um dos internautas revelou que a estudante cortava os pulsos. “Eu ia falar com ela mas estava tímido”, escreveu Misael Wesley Cardoso. A estudante era depressiva, segundo testemunharam amigos da escola.

 

Hoje é domingo
Missa e praia
Céu de anil
Tem sangue no jornal
Bandeiras na Avenida Zil

Lá por detrás
Da triste linda Zona Sul
Vai tudo muito bem
Formigas que trafegam
Sem porque

E da janela desses quartos
De pensão eu como vetor
Tranquilo eu tento
Uma transmutação

Oh! Oh! Oh! Seu Moço
Do disco voador
Me leve com você
Pra onde você for
Oh! Oh! Oh! Seu Moço
Mas não me deixe aqui
Enquanto eu sei que tem
Tanta estrela por aí

Andei rezando
Para Totens e Jesus
Jamais olhei pro céu
Meu Disco Voador além
Já fui macaco
Em domingos glaciais
Atlantas colossais
Que eu não soube
Como utilizar

E nas mensagens
Que nos chegam sem parar
Ninguém pode notar
Estão muito ocupados
Pra pensar

Oh! Oh! Oh! Seu Moço
Do Disco Voador
Me leve com você
Pra onde você for
Oh! Oh! Oh! Seu Moço!
Mas não me deixe aqui
Enquanto eu sei que tem
Tanta estrela por aí
Enquanto eu sei que tem
Tanta estrela por aí
Enquanto eu sei que tem
Tanta estrela por aí

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui