No menu items!
31 C
Rio Branco
sexta-feira, setembro 25, 2020

Alan Rick já liberou R$ 9 milhões para hospitais mais críticos do Acre, mas obras não foram licitadas. Será retaliação?

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

Deputado espera não ser retaliado pelo governo pelo fato de ser oposição

Seis milhões e meio de reais já estão à disposição do Governo do Estado para a reconstrução do Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira. Esses recursos representam 65% do necessário para a obra e foram destinados pelo deputado federal Alan Rick (DEM), por meio de emendas parlamentares. O governador Tião Viana (PT) ainda não fez publicar no Diário Oficial o edital para a licitação dos serviços. Também estão na conta os R$ 2,5 milhões, frutos de emenda individual de Alan Rick, para reforma e ampliação da Unidade de Saúde de Acrelândia. O deputado, ao ser questionado pela reportagem de acjornal.com, deu a seguinte declaração:  “eu visitei vários hospitais do interior. Sena Madureira e Acrelândia têm a situação mais crítica, seja pela estrutura já deteriorada (no caso de Sena), seja pela falta de serviços vitais como em Acrelândia. Destinei e já consegui a liberação dos recursos para as obras dos dois hospitais. A demora na licitação atrasa o início dessas obras fundamentais pra saúde do povo. Espero que o estado não esteja me retaliando por eu ser um deputado de Oposição”, disse.

O deputado entende que “nada justifica a demora, sobretudo por se tratar de estruturas deficientes, e de um atendimento que precisa ser humanizado”.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui