No menu items!
31 C
Rio Branco
sexta-feira, setembro 25, 2020

Presidiária ataca agente penitenciária com “marmitada” da cabeça, em Rio Branco

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

A detenta Michele OLiveira da Silva, de 22 anos, foi conduzida a delegacia de flagrantes da policia na noite de segunda-feira por agressão física de natureza grave. Ela usou uma marmita térmica para agredir a agente penitenciaria Marcela Teles, de 27 anos. O fato aconteceu na segunda-feira, no presidio feminino. De acordo com o boletim de
Ocorrência, a agente agachou-se para juntar as marmitas, quando a presa pelo o espaco da grade desferiu um golpe com a marmita em sua cabeça.

Marcela Teles foi atendida por colegas e encaminhada à enfermeira. O golpe resultou em três pontos na cabeça da vitima. A detenta foi encaminhada à Defla, onde assinou um T.C.O. (termo circustanciado de ocorrência). O caso foi encaminhada ao juizado especial criminal.

Ha dois meses uma agente perdeu parte do dedo apos agressão de uma presa. As duas agentes são do quadro provisório. Elas terão os contratos cancelado nos próximos dias




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui