No menu items!
21.3 C
Rio Branco
quarta-feira, junho 16, 2021

Até quando?

spot_img

Últimas

Quando nos roubaram a carteira, celular e pertences, e fizemos o B.O., eles nos disseram “fiquem mais atentos, não chamem a atenção”. Quando nos assaltaram em plena luz do dia, e nós nos revoltamos, simplesmente nos calaram falando “vocês é que são vacilões”.

Quando fomos roubados à noite, eles nos advertiram: “vocês não podem dar sorte aos bandidos, por que não ficam em casa?” Quando invadiram nossas casas de madrugada, eles nos humilharam afirmando: “a culpa é de vocês, que não investem o suficiente em segurança patrimonial”.

Quando levaram nossos carros, descaminhando-os para a Bolívia, eles riram de nós, frisando: “compre um carrinho popular”. Quando ao comemorar um simples aniversário, fomos cravados de balas e mortos, eles disseram: “com certeza eram membros de facção”.

Quando nossos familiares são brutalmente assassinados, sem motivo, sem razão, sem necessidade, eles sentenciam: “andavam com quem não presta, ou eram membros de facção”.  Quando nossas famílias ficam reféns da violência, com medo, assustadas, presas nas próprias casas, eles garantem: “está tudo sob controle, lá em casa está tudo tranquilo, tudo favorável, vocês são um caso isolado”.

Esse é o atual cenário do nosso Estado, de nossa cidade…

Até quando???

Marcos Alexandre é professor




- Advertisement -spot_img

Mais notícias