Romario Pereira da Silva de 20 anos e Jhonatan Cristofer Silva Rezende de 19 anos serão julgados nesta sexta
feira pela a morte de uma criança indígena de 1 ano e 8 meses. A sessão começa as 8 da manha no Auditório do Tribunal do Juri do Forum Desembargador Vieira, em Sena Madureira. O pequeno Cirleudo Cabral Manchineri foi morto com um tiro na cabeça. O crime aconteceu em Maio do ano passado no Porto da Feira Livre. De acordo com a denúncia oferecida pelo o Ministério Publico Estadual, a crianca estava nos braços da mae e tinha acabado de chegar ao município quando foi atingida com o tiro.

Os acusados Romario e Jhonatan estavam de tocaia no Porto da Feira Livre, a espera de membros de uma faccao rival, mas assim que a embarcação da família indígena ancorou no porto a dupla atirou. O disparo acertou a cabeça da criança , que veio da aldeia Sao Paulino, no Rio Purus em busca de tratamento de saúde.
Os acusados foram presos pouco tempo depois do crime. O juri é aguardado com muita expectativa

Deixe uma resposta