acjornal pede desculpas por notícia falsa sobre apreensão de dinheiro em casa de publicitária

1

A Polícia Federal não apreendeu dinheiro na residência da publicitária Charlene Lima, como foi publicado por acjornal no início da noite desta quarta-feira. A Editoria de Política deste portal de notícias pede desculpas ao partido ao qual a publicitária está filiada, e à própria, pela notícia falsa, resultado de um erro de apuração da parte de um de nossos colaboradores. O jornalista Assem Neto, responsável pela administração geral do site e pela postagem, por volta de 17:30 horas, ratifica o pedido de desculpas, estendido aos apoiadores da campanha da petebista, e reconhece ter havido prejuízo moral de difícil reparação aos citados, embora a indução ao erro seja algo presente em nosso meio. A notícia postada com informações inteiramente equivocadas já foi removida, bem como a imagem ilustrativa da reportagem, enviada à redação como sendo verdadeira. Os cuidados para que situação semelhante não se repita estão redobrados. A Polícia Federal informou não ter havido busca e apreensão na residência da publicitária além da que resultou na sua prisão, na última quinta-feira.

Deixe uma resposta