Imagem postada por senado revela o tamanho do estrago no abdômen de Bolsonaro

0

O senador Magno Malta (PR-ES) divulgou em suas redes sociais uma foto da região abdominal do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), que se recupera na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein. A informação foi dada pelo portal Congresso em Foco.

A foto mostra a extensão do corte feito pelos médicos durante o procedimento cirúrgico pelo qual o candidato passou, na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), após ser esfaqueado durante ato de campanha, na última quinta-feira (6).

A região do abdômen do político foi aberta de um ponto abaixo do esterno – osso localizado na parte anterior do tórax – até um pouco abaixo do umbigo. Na foto, também é possível ver a bolsa intestinal que o capitão da reserva terá de usar por até três meses. Bolsonaro passou por uma colostomia, um procedimento em que o intestino grosso é ligado a uma saída externa ao corpo, por meio de uma abertura na barriga, onde fica acoplada uma bolsa para receber as fezes e os gases. A colostomia foi feita para desviar a passagem das fezes e evitar uma possível infecção na área lesionada.

As ultimas informações são animadoras, embora Bolsonaro permaneça em estado grave. Ele sera submetido a uma cirurgia de grande porte, como disseram os médicos para a reconstrução do intestino. A cirurgia ja estava programada.

Deixe uma resposta