Para desespero dos petistas, até o Ibope aponta vitória acachapante de Gladson Cameli e Jorge Viana não seria reeleito

1

O senador Gladson Cameli seria o mais votado com metade dos votos válidos, já no primeiro turno, segundo pesquisa Ibope divulgada pela Rede Amazônica na noite desta quinta-feira (20). O candidato do PP aparece com 47%, podendo chegar a 50% considerando a margem de erro para mais ou menos. O candidato do PT, Marcus Alexandre, teria 38% dos votos válidos e, considerando a margem de erro, poderia chegar a 41%. O Cel. Ulisses Araújo (PSL) aparece com 6%. A pesquisa ouviu 812 pessoas entre 17 e 19 de setembro. O nível de confiança é de 95%.

Num possível cenário de segundo turno, em que os candidatos fossem do PP e do PT, Gladson Cameli teria 53% e Marcus Alexandre teria 41%. Brancos e nulos seriam 4%. Não souberam responder: 2%.

Rejeição

Janaína Furtado: 33%

Marcus Alexandre: 32%

David Hall : 30%

ulisses Araújo: 27%

Gladson Cameli: 19%

Senado

Na primeira pesquisa, Jorge Viana tinha 43% das intenções de voto. Hoje, aparece com 35%. Sérgio Petecão saiu de 39% para 53%. Márcio Bittar, com 34% na primeira pesquisa, passou para 39%. Ney Amorim começou com 30% e manteve esse percentual, de acordo com o Ibope. Minoro Kimpara tinha 10% e agora soma 12%. Pedrazza aparecia com 2% e, hoje, tem 1%. Brancos e nulos para a primeira vaga era 8% e hoje somam 5%. Para a segunda vaga, brancos e nulos saiu de 14% para 11%.

Sobre a avaliação do governo Tião Viana, 22% disseram que é ótima ou boa. Para 36%, é regular e 30% afirmaram que é ruim ou péssima. nesta questão, 2% dos entrevistados não souberam avaliar.

Deixe uma resposta