TSE cassa em definitivo a candidatura de Rafael Almeida (PDT), ex-presidente do ISE

0

O ex-presidente do Instituto Sócio Educativo do Acre, Rafael Almeida (PDT), deve retirar a sua campanha para deputado estadual das ruas imediatamente. A candidatura do ex-assessor do governador Tião Viuana foi definitivamente cassada, em decisão do ministro Luis Roberto Barroso, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Rafael não prestou contas dos gastos de sua campanha em 2014. O Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE) já havia tornado Rafael inelegível. No recurso ao TSE, o candidato ainda argumentou que o problema foi devido a uma falta de comunicação entre o seu partido à época e o seu contador.

O ministro não aceitou as desculpas. “É incabível o pedido de registro de candidatura”, disse Barroso. Além disso, diz o ministro, o recurso especial junto ao TSE foi protocolado fora do prazo legal. Veja abaixo a decisão do TSE.

Na última sexta-feira, um apoiador de Rafael Almeida foi preso pela Polícia Federal, acusado de comprar votos. o acusado é, por coincidência, o diretor do ISE naquela cidade. Vanilson Barbosa, segundo a PF, cometeu crime eleitoral para beneficiar o ex-chefe, que agora dá adeus à pretensão de ser deputado estadual.

Deixe uma resposta