O desespero é total: até juíza eleitoral que renunciou pede voto para Jorge Viana

2

A ex-juíza eleitoral Arnete Guimarães balança a bandeira do PT em via pública. E pede votos para o senador Jorge Viana. Arnete renunciou ao cargo ao ser investigada pelo Conselho Nacional de Justiça sob suspeita de ter beneficiado com uma liminar o então candidato eleito ao Senado, em 2010. A imagem ao lado foi feita por um internauta. Oito anos após, Arnete e Viana estão livres da acusação.

Como foi

Conversas gravadas com autorização judicial apontam que Viana teria pedido a ajuda da juíza. Minutos depois da suposta conversa, Arnete Guimarães decidiu que a PF deveria devolver os computadores apreendidos no comitê de campanha e destruir eventuais provas de compra de votos. As investigações apontaram que Arnete esteve no edifício residencial da mulher de Viana, Dolores Nieto, antes de deferir uma liminar que o favorecia. Viana está sendo investigado por suposta compra de votos em sua campanha. Membros do próprio Ministério Público Eleitoral (MPE-AC) decidiram pôr a minha atuação em suspeição. Não sou mulher para viver sob suspeita de quem, na verdade, busca chegar aos seus objetivos passando por cima da honra e da dignidade de cidadãos e cidadãs de bem”, escreveu a juíza. “Jamais realizei qualquer ato contrário à legislação eleitoral no curso da minha campanha para a eleição ao Senado pelo Estado do Acre”, afirmou em nota.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here