Lixo infectante se acumula em todos os hospitais do Acre e empresa diz que contrato acabou

0
62

A coleta de lixo hospitalar de todas as unidades do Acre está suspensa há duas semanas. A empresa Paz Ambiental, com sede em Vilhena (RO), contratada emergencialmente, diz que não tem mais nenhuma responsabilidade para recolher o material. No Huerb, uma montanha de lixo contendo até sangue humano aumenta a cada instante, causando um mau cheiro quase insuportável na ala onde funcionava o Necrotério do hospital. O acjornal fez a denúncia nesta quarta-feira, mas nenhuma providência foi tomada pela Secretaria de Saúde. Na manhã desta quinta, servidores indignados enviaram vídeos em que o lixo alcança o teto do prédio e se esparrama pelo corredor.

“Nós encerramos o nosso compromisso, e até oferecemos uma última cortesia à Secretaria de Saúde. Desde outubro o nosso contrato está encerrado. Como foi feito em caráter emergencial, o governo não se viu obrigado a renovar”, disse André Muller, responsável técnico pela Paz Ambiental.

A Sesacre foi procurada, por meio da sua Assessoria de Imprensa, e ficou de dar uma resposta sobre o assunto. O espaço está aberto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here