Novos filiados deixarão o PT junto com Ney Amorim: “só vai ficar a velharada”

1
56

O deputado Ney Amorim não demitiu nenhum assessor após a sua derrota nas eleições para o Senado. Tampouco deixou de ajudar aqueles que o apoiaram durante a tensa campanha eleitoral. O sentimento de gratidão move uma pequena multidão que decidiu acompanhar o “chefe” aonde ele for. Reuniões setoriais foram feitas por apoiadores que respiram mais diretamente o mandato do deputado presidente da Aleac. Foi dito que ninguém está obrigado a seguí-lo, mas todos os que vierem seriam bem-vindos. Dali saiu o indicativo, de forma espontânea, de que nenhum dos “amigos do Ney” deveriam abandoná-lo, “em hipótese alguma”. Somente na Baixada da Sobral, maior reduto eleitoral de Rio Branco e berço de nascimento do parlamentar, estima-se que 150 pessoas oficializem o desligamento do PT nas próximas horas, entre eles desconhecidos do mundo político, lideranças comunitárias daquele entorno e outros tidos e havidos como “pau pra toda obra”. Líderanças de várias regiões do Acre se juntarão e esse grupo.

Amorim será o primeiro a cair fora, em ato formal, na sede da legenda, na tarde desta quinta-feira, quando entregará uma carta aos cardeais petistas. O documento foi escrito, reescrito, revisado várias vezes, alterado outras inúmeras vezes, para passar a mensagem fiel do que o deputado sentiu no calor da traição – e sente, até hoje, após ter sido apunhalado pelas costas.  Ele tem dito que nada deve ser desculpa para a derrota, mas a sua ascensão foi postulante a senador foi travada por quem menos se esperava.

Será a maior baixa do PT no Brasil numa “única tacada”, proporcionalmente ao número de filiados por estado. Amorim não se filiará a partido algum. Deve seguir “carreira solo” após entregar a Presidência da Aleac, em fevereiro. O acjornal apurou que ele está propenso a criar um novo partido e promover atos marcantes de filiações em todas as regionais do estado. “O PT no Acre acabou, mano. Só vai ficar a velharada, com todo respeito aos antigos filiados”, disse um influente dirigente que, a horas de receber a carta do deputado, pressentiu o futuro da ex-legenda política mais poderosa do estado.

1 COMENTÁRIO

  1. Eu previa quando era secretário geral do PT, que este rapaz seria só isso mesmo um cabra que so queria o PT por anseios proprios o que le é peculiar.
    Teve tudo da cupula do PT, agora nao quer largar a mamata, faz como todo mau político, usurpar e depois vazar.
    Ps: ele nunca foi militante do PT sempre foi militante causídico, em suma ja vai tarde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here