Os taxistas Manoel Julio Nonato Gama Neto, conhecido com Pitchula, e Gilberto Ferreira Paiva Filho, O GORDO, serão julgados na próxima quinta-feira, dia 29. A sessão aconteceu na 1ª Vara do Tribunal do Júri,  em Rio Branco. Manoel Julio e Gilberto Ferreira vão responder pelas mortes dos empresários peruanos  Nilo Daniel Sierra Chavez, de 46 anos, e Richard Chavez, que tinha 35.

Tio e sobrinho foram mortos em Junho de 2016. O duplo homicídio aconteceu numa área de mata de cobija, na Bolívia. Os corpos foram encontrados dias depois em elevado estado de decomposição. As vitimas foram algemadas e asfixiados com sacos na cabeça, além de torturadas.

A intenção era simular um assalto, mas  a policia descobriu que Manoel Julio e Gilberto Ferreira, que trabalhavam com os empresários há cerca de 6 meses, foram os autores do crime. Eles foram presos em Brasiléia pela polícia civil.

Consta na denúncia que os acusados teriam desviado R$ 600 mil em dinheiro das vitimas. Os empresários vendiam roupas em Brasiléia, Epitaciolândia  e principalmente em  Cobija. Como o duplo homicídio aconteceu em região de fronteira, o Júri acontece em Rio Branco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here