Bastião não vai passar o bastão a Cameli e governador receberá faixa do pai

1

O ainda governador Tião Viana não vai entregar a faixa governamental a Gladson Cameli na próxima terça-feira, 01 de Janeiro de 2019. Há quem diga que é orgulho. Outros lembram que Viana nunca manteve uma boa relação com a família do próximo governador e mantinha apenas uma amizade superficial com o ex-governador Orleir Cameli.

Com isso o palco será exclusivo da família mais importante do vale do Juruá, com destaque para a participação especial do pai de Gladson, o empresário Eládio Cameli, que vem de Manaus especialmente para a solenidade. Será, provavelmente, um dos dias mais emocionantes da vida do novo governador e do seu pai. Eládio porá a faixa no peito do filho que, por sua vez, deve lembrar o legado do tio falecido que, em vida, se notabilizou como homem próspero, generoso e sua maior inspiração na vida pública.

Em comunicado, a assessoria de Viana disse que, segundo o governador, “a posse será momento de Gladson e sua família”.

Nas redes sociais, internautas insinuam que Tião imprime uma fuga estratégica das vaias, uma possibilidade muito provável diante dos últimos atos como governador – o parcelamento do décimo terceiro, inclusive para aposentados, e o pagamento prioritário de indenizações a um grupo seleto de comissionados e secretários que compuseram o seu governo.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Perdeu agora é um momento da família do Gladson, mas ele poderia pelo menos passar a Porra da faixa como um bom perdedor.
    Mas ele quer sair mais baixo ainda, governador covarde.

Deixe uma resposta