Diretores do Huerb se confraternizam enquanto faltam médicos, remédios e corredores continuam lotados

0

Enquanto os corredores do HUERB estão lotado de paciente graves, os gerentes fazem confraternização. A festança ocorreu dentro do próprio hospital e teve homenagens subliminares a cargos de segundo escalão que juram que serão aproveitados no governo Gladson Cameli.  A unidade, a maior do estado, sofre com falta de médicos e medicações básicas. Os leitos, em quantidade insuficiente, obrigam manter pacientes nos corredores, em cadeiras ou macas, inclusive para doentes com traumas ortopédicos.

A confraternização era para um grupo seleto e enquanto os comes e bebes rolavam os diretores do Huerb paralisaram suas atividades profissionais. Eles não atendem aos dominhos, sábados e feriados.

Deixe uma resposta