Os avanços da Polícia Técnico Científica do Acre têm o DNA de Haley Villas Boas

0
44

O perito Criminal Haley Márcio Villas Boa deixou a direção do Departamento de Policia Técnico Cientifica (D.P.T.C) após pedir afastamento por questões particulares.
Mas o trabalho desenvolvido pelo ex-diretor foi reconhecido por peritos criminais , funcionários do órgão de segurança e a população.

Foi na gestão de Haley Márcio que a perícia criminal do estado foi modernizada e teve um grande avanço, chegando a atuar em mais de 30 áreas. Uma das marcas da administração foi a implantação do D.N.A, que antes só era feito fora do estado, o que prejudicava a investigação pela longa espera.

Equipamentos de alta tecnologia também foram adquiridos para fortalecer o trabalho dos profissionais, principalmente nas perícias de local em cena de crimes. Nos crimes de execuções, onde não tinha testemunha, a prova cientifica passou a ser fundamental para a elucidação dos casos.

Haley, à esquerda, tem uma gestão reconhecida pelos colegas

A nova roupagem que a polícia técnica ganhou durante os oito anos de Haley Marcio incluiu também viaturas caracterizadas, perícias de alta tecnologia e um atendimento mais eficiente à população.

Outro destaque foi que apesar do aumento do número de perícias, principalmente pelos casos de homicídios, todas foram concluídas em tempo hábil com a devida impacialidade.
O reconhecimento aos servidores – entre eles papiloscopistas, peritos criminais, auxiliares do I.M.L. e administrativo – foi outra marca da gestão.

Considerado um dos melhores profissionais na área na Região Norte, Haley Marcio Villas Boas retoma no próximo ano a atividade de perito criminal.

Deixe uma resposta