O líder do PDS no Senado Federal, o ex-governador Omar Aziz (AM), disse na manhã desta quarta-feira, em entrevista ao acjornal, que o seu candidato à Presidência do Senado é o senador Sérgio Petecão. “É experiente, já é membro da mesa, vai para o segundo mandato, conhece a funcionalidade da Casa e tem todos os requisitos para fazer uma bela gestão”, disse Aziz. Uma reunião decisiva está agendada para o dia 15, próxima segunda-feira. Petecão, que estava em férias em Puerto Maldonado (Peru), desembarca hoje em Rio Branco, e é esperado pelos correligionários. Ele viaja a Brasília no domingo.

Costura

Sérgio Petecão mira os votos da chamada velha guarda do Senado, e busca entendimento por fora com alguns dos novos senadores. Ele tem apoio aberto do MDB, contando com o poder de convencimento inclusive do senador eleito Márcio Bittar, e tem assegurado o voto de Mailza Gomes, a nova senadora do Brasil que assumiu a cadeira de Gladson Cameli. Ter um bom trãnsito no MDB, no PSDB e no PP faz do senador acreano um favorito.

Apoiadores de Petecão acreditam numa eleição do senador acreano, principalmente se for confirmada a desistência de Renan Calheiros. O alagoano foi presidente da Casa por quatro vezes, declarou publicamente que não tem interesse em voltar à cadeira Nº 1 do Senado.

A favor de Petecão há, ainda, a simpatia do presidente Jair Bolsonaro

Deixe uma resposta