Advogado que se disse membro de facção é preso de novo para cumprir pena de 7 anos

0

O advogado Manoel Elivaldo Batista Junior, condenado a 7 anos e 2 meses por integrar organização criminosa, foi preso no inicio da tarde desta quinta-feira (7). O mandado de prisão preventiva foi cumprido por investigadores do Núcleo de Capturas da Polícia Civil. Manoel Elivaldo foi encaminhado para a sede da 3ª regional da Polícia Civil.
O advogado foi preso pela a primeira vez em Novembro de 2017, após gravar vídeos exibindo armas e dizendo ser integrante de uma organização criminosa.
Em maio de 2018, o Juiz da 3ª Vara Criminal absolveu o advogado.

Mas o promotor de Justiça Ildon Maximiano recorreu ao Tribunal de Justiça. O recurso do MP foi acatado no dia 13 de setembro de 2018 pela a Câmara Criminal, em segunda instância. Na mesma decisão os desembargadores entenderam que o réu deveria iniciar o cumprimento da pena de 7 anos e 2 meses, mas deixou a cargo do juiz da 3ª Vara Criminal expedir o mandado de prisão. Manoel Elivaldo vai cumprir a pena no regime semi aberto.

Deixe uma resposta