Mineiro leva título do Brasileiro Absoluto de Xadrez representando o Acre

0

Natural de Belo Horizonte mas residindo em Montes Claros, Roberto Molina, 33, conquistou, na última semana, seu primeiro título do Campeonato Brasileiro Absoluto de xadrez. A competição, referente ao ano de 2018, aconteceu em Natal (RN) e contou com a presença de 16 atletas de todo o país. Foi a primeira vez que Minas Gerais venceu o torneio em 45 anos.

Mineiro de nascimento, Molina representou, no entanto, o estado do Acre, graças à convênio firmado com o governo do estado do Norte do país. Foi em disputa em um torneio em Manaus que ele garantiu vaga para o torneio nacional. “Achei justo usar a UF deles como gratidão e oportunidade que me deram”, conta Molina, que passou um ano e meio (entre julho de 2017 e dezembro de 2018) dando aulas para jovens de até 18 anos.

“Acho que pude contribuir para abrir os olhos de muitos lá. Admito que fiquei surpreso com o convite, apareceu em um momento em que eu estava precisando, até por uma questão financeira. Foi bom porque, ao mesmo tempo em que dava aulas, eu estudava xadrez e pude me aprimorar na modalidade, já pensando no Campeonato Brasileiro”, afirma.

“Quero agradecer mensagens de muita gente que recebi. Muitos me deram força antes mesmo do torneio começar. Passei por momentos complicados no campeonato. Fiz uma partida medonha, em certo momento, mas também tive uma das melhores apresentações da minha carreira. Consegui dar a volta por cima”, comemora.

A conquista em Natal lhe rendeu pontos no ranking da federação internacional, além de presença garantida na final da próxima edição do Campeonato Brasileiro. O título colocou Molina em novo patamar, o fazendo ser cotado para ser, em breve, um dos grandes mestres do cenário nacional.

 

Deixe uma resposta