Governo suspende seleção na Sesacre e manda apurar suposta adulteração de certificados e pontuações indevidas

O secretário Alisson Bestene (Saúde) anunciou a suspensão do processo seletivo simplificado para contratação de profissionais. Denúncias de fraudes em documentos forçaram o governo a tomar esta decisão e apurar as queixas que chegam à Sesacre.

Segundo denúncias, há pessoas recém formadas com pontuação de 50 pontos, como se tivessem experiência de 5 anos. Para cada ano se conta 10 pontos e o máximo de pontos que pode ter no quesito experiência são 50 pontos. Haveria fraudes também sobre os certificados de pós graduações e tempo de serviço de candidatos, manipulação de documentos e tempo de serviço.

Abaixo o comunicado oficial

COMUNICADO

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, comunica que, após receber denúncias de supostas irregularidades no Processo Seletivo Simplificado para contratação de profissionais para a Saúde, decidiu suspender o certame até a apuração das denúncias.

As supostas irregularidades serão apuradas por uma Comissão (formada por membros da Secretaria de Gestão Administrativa, da Controladoria Geral do Estado e Sesacre) e, caso sejam comprovadas, os responsáveis serão submetidos a um processo disciplinar.

Reiteramos nosso compromisso com a transparência na gestão pública.

Alysson Bestene
Secretário de Estado de Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui