Gerente da Saúde exonerada após tour pela Europa diz que entregou o cargo antes de embarcar

0

A gerente do CAP´s exonerada nesta quarta-feira por viajar à Europa enquanto devia estar trabalhando disse que entregou o cargo antes de embarcar. Bastante evasiva, Yngrid Ribeiro, nomeada em 25 de março, foi rainha do Carnaval e fez um tour pela França e Inglaterra neste mês de maio, afirmou estar chegando para processar caluniadores. Ela não quis revelar a quem pediu demissão, nem quem a indicou para o cargo que lhe daria salário de R$ 8 mil brutos.  O chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, informou que o primeiro salário dela seria na folha que sai em abril (que não está disponível no Portal Transparência), e que a ex-gerente deverá se explicar juntamente com seus chefes imediatos.

O diretor do Núcleo de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde, Wilson Afonso Dias, também se esquivou. Não esclareceu algumas das muitas dúvidas que pairam sobre esse caso. Leia abaixo:

Entrevista Yngrid

Acjornal – Você pediu autorização para viajar?

Yngrid – Eu pedi demissão do cargo

Acjornal – Pra quem?

Yngrid – Chego no Acre amanhã (quinta) e vamos esclarecer tudo isso

Acjornal – Quem te indicou para o cargo?

Yngrid – Chegando aí a gente conversa

Acjornal – Você tinha outro emprego em vista?

Yngrid – Não. Eu optei por entregar o cargo

Acjornal – Você se sente protegida ou prejudicada dentro do governo? Você vai para o Samu?

Yngrid – Eu não vou falar mais. Acho melhor. Vou me pronunciar judicialmente

Acjornal – Você não sabia que a sua demissão não foi para o Diário Oficial?

Yngrid – Eu viajei tranquila. Não é problema meu se eles não me exoneraram.

Acjornal – Onde você está?

Yngrid – Chegando aí

Acjornal – Quem será processado por você?

Yngrid – Quem está me difamando, me caluniando e falando besteiras sobre mim

 

Entrevista Wilson

 

Acjornal – Foi o senhor quem indicou a Yngrid?

Wilson – Não, não fui eu.

Acjornal – O senhor sabia da viagem dela?

Wilson – Procure a assessoria de imprensa da Sesacre

Acjornal  – O senhor vai se pronunciar?

Wilson – Tudo será esclarecido. Estamos tomando as providências cabíveis

Deixe uma resposta