Nova secretária de Saúde do Acre foi condenada duas vezes por sonegação fiscal e sua empresa tem CNPJ inapto

A médica pediatra Mônica Feres, anunciada como a nova secretária de Saúde do Acre, na tarde desta segunda-feira, foi condenada por sonegação de impostos, em sentença proferida pela Vara de Execução Fiscal do Distrito Federal. A exequente, a Fazenda Pública do Distrito Federal, moveu duas ações idênticas contra a empresa que a médica representa, a Mk Eventos e Cafeteria. O estabelecimento tem endereço no Sudoeste (Brasília), região de classe alta com o metro quadrado mais caro do país, e foi proibido de contratar com entes públicos e privados. O CNPJ da empresa consta como em “situação inapta”. As informações gerais sobre a cafeteria estão desatualizadas. 

Nas duas execuções, uma datada de 2003 e outra do ano passado, a MK Eventos e Cafeteria é acusada de recolher impostos equivalentes a ICMS. O valor das duas causas é de R$ 8 mil, reajustados monetariamente de acordo com orientações da justiça local. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui