No menu items!
30 C
Rio Branco
quarta-feira, abril 14, 2021

Gladson diz que união é arma por educação de qualidade e pede que comissionados tratem bem todo os cidadãos

spot_img

Últimas

Governador pede também humildade aos que estão em cargos de confiança, em que a grandiosidade do coração deve se sobrepor à vaidade do posto

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, pediu aos servidores do estado um tratamento pleno de mais humanidade e humildade com os cidadãos que dependem do serviço público. O apelo foi feito para uma grande platéia, no Auditório da Educação, na tarde desta sexta-feira, 21. Educadores, técnicos da SEE e comissionados ouviram atentos ao pronunciamento improvisado de Cameli, que demonstrou simplicidade e se emocionou. As informações são da Agência de Notícias do Acre, em reportagem assinada pelo jornalista Resley Saab. Leia abaixo:

“Agradeço muito a Deus por todas as oportunidades que ele já me deu. E eu aprendo todo dia. Mas vai ser com esse sentimento de humildade que vou até o último dia do meu mandato, indo para o diálogo transparente e sincero com as pessoas”, disse o governador.

Em seguida, direcionou-se aos que estão em cargos de confiança, principalmente nos postos de direção, de chefia e os comissionados.

“Não sejam nem mais, nem menos que as pessoas, porque quem ter de ser é o general, que sou eu, e nem por isso sou assim. Todos sabem disso”, destacou Gladson Cameli, utilizando-se de uma metáfora em que a grandiosidade do coração deve se sobrepor à vaidade de se estar em cargo ‘A’ ou ‘B’.

Na ocasião, o governador anunciou a convocação dos professores concursados, que estão à espera de serem efetivados, até o final deste primeiro semestre.

Por onde passa, e sempre que tem a oportunidade de falar para as categorias do funcionalismo público, o governador pede para que todos se irmanem no auxílio ao novo governo.

Quero fazer um pedido aqui. Me ajudem. Nos ajudem a melhorar, realmente, a vida das pessoas. Se esse governo não der certo são as pessoas que serão prejudicadas. Mas eu não acredito nisso, porque está dando certo, porque tenho aqui [na Educação] guerreiros e guerreiras que pensam nas pessoas”, pontuou Gladson Cameli, para um auditório de mais de 600 profissionais.

Um vídeo reproduziu os avanços da pasta, nestes últimos cinco meses, e os desafios que ainda precisam ser superados. O secretário de Educação, Mauro Sérgio da Cruz, acredita que o governo do estado vai fazer mais para transformar a vida dos mais de 170 mil estudantes da rede pública de ensino, nas 615 escolas em todo o estado.

“São para eles [os nossos alunos] que fazemos esse trabalho e o maior desafio é melhorar os indicadores educacionais. Precisamos avançar no Ideb [o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica], levando também mudanças significativas como parte de nossa política de valorização dos nossos servidores na gestão escolar”, ressaltou Cruz.

A redução da evasão escolar também faz parte das metas principais. “Mas acreditamos no trabalho que estamos fazendo, e no trabalho de cada um de vocês aqui presentes”.

Para a professora Iris Célia Cabanellas Zanini, presidente do Conselho Estadual de Educação, “é muito importante quando um chefe de estado tem a sensibilidade de reconhecer a Educação como política transformadora”.

“E nós, do conselho, queremos assumir essa responsabilidade juntos com o governo, que tem à frente um jovem idealista”, asseverou Zanini, referindo-se a Gladson Cameli.

Estiveram também no encontro com os educadores, o diretor de planejamento da SEE, Márcio Moura, a diretora de ensino, Denise dos Santos, a diretora administrativa, Kelly Lacerda, a representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Acre, Ana Luce Galvão, e o deputado Luis Tchê, líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado do Acre.




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui