No menu items!
30 C
Rio Branco
quarta-feira, abril 14, 2021

Sobre Mara Rocha e “palhaçadas”

spot_img

Últimas

Tava na cara que Mara Rocha não romperia com o governador. Disso eu já sabia. Coragem não é o forte da moça para tomar uma decisão desse nível e ameaçar o capital político da família.

São cargos a fio em jogo. Inclusive os de direção, coordenação e outros mais importantes, além dos que são pagos para esparramar fezes na rede social. Alguém duvida que os irmãos tenham conversado longamente antes de a deputada sair metralhando o secretário de Agricultura? Como pode a deputada indicar alguém em quem não confia?

Curioso o fato de Mara pedir a cabeça de quem ela própria apoiou um dia, logo ela, vítima de uma das perseguições mais emblemáticas desse estado. Revelou-se perigosíssima e atitude própria limitada no campo político. Uma pena que os vícios do poder contaminem algumas das últimas reservas morais em quem confiávamos no passado. 

Digo isso e provo:

No calor da crise, na noite de domingo, a deputada buscou o reservado no whatsaap do diretor deste acjornal. Ela disparou: “sou tão vítima desse governo quanto você”. A ela foi pedida uma entrevista. A deputada respondeu assim: “Estou escrevendo uma nota me manifestando. Essa é mais uma de várias palhaçadas desse governo”. 

Ora, ora, ora.

O que a faz permanecer no picadeiro?

 

 

 




- Advertisement -spot_img

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui