No menu items!
22.1 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 23, 2020

Governo recebe apoio de associação e sindicatos para reforma na previdência estadual

Últimas

DCE da Ufac e UMES/AC promovem debate com os candidatos a prefeito de Rio Branco

DCE da Ufac e UMES/AC promovem debate com os candidatos a prefeito de Rio Branco Estabelecer um diálogo político com a academia. Esse é o...

Dez servidores da Aleac são afastados da vida pública em operação da PF por “rachadinha”, contratação de fantasmas e fraude em contratos de publicidade

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (22), a “Operação Res Principis” na capital acreana, Rio Branco, e em Chopinzinho, no interior do Paraná, visando...

PF faz buscas na Assembleia Legislativa do Acre e apreende documentos em empresa terceirizada

A Polícia Federal amanheceu cumprindo ordens judiciais para busca e apreensão em Rio Branco. A empresa Maia e Pimentel é uma das investigadas. A...

 Prefeito petista de Xapuri manda única retroescavadeira para fazenda de amigo e município leva prejuízo de R$ 500 mil

 Uma retroescavadeira avaliada em quase meio milhão de reais, pertencente à Prefeitura de Xapuri, teria ficado inoperante ao cair de uma ponte, dentro de...

Advogado Lázaro Barbosa promete, se eleito, desmontar em 3 meses o esquema das empresas de ônibus em Rio Branco

O candidato a Vereador Lázaro Barbosa, jornalista e advogado, apresentou nas suas redes sociais uma proposta que está repercutindo bastante, destinada a baixar o...

As entidades que compõem a classe civil de servidores da Segurança Pública do Acre, após diálogo com o governo e representantes do Poder Legislativo, decidiram apoiar o projeto de lei que prevê a reforma da previdência estadual. O projeto foi encaminhado pelo governador Gladson Cameli, na última terça-feira, 5, para posterior votação dos deputados na Assembleia Legislativa

Segundo nota emitida na manhã desta quinta-feira,7, as entidades reconhecem a situação fiscal em que está o Estado e compreendem os motivos pelos quais o governador apresentou projeto de lei para a reforma na previdência.

“Após dialogar muito com os membros do Executivo e do Legislativo compreendemos que são necessários os ajustes previdenciários no Estado do Acre, nos moldes aproximados do que se apresenta no cenário federal. Acreditamos que sacrifícios são necessários, cada categoria fazendo sua contribuição para o crescimento do estado e a própria sobrevivência do sistema previdenciário, mas sem que exista prejuízos à vida profissional e aposentadoria dos servidores”, diz trecho da nota.

O documento foi assinado pelos presidentes da Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol), Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre (Sindapen), Associação Penitenciária (Asspen) e Associação Acreana de Peritos e Oficiais (AAPO).

Secom




- Advertisement -

Mais notícias