No menu items!
26 C
Rio Branco
sábado, outubro 24, 2020

Rio Branco: Fundape faz reunião secreta após cancalamento de provas e prefeita exige explicações

Últimas

Gladson busca apoio do Exército para ofertar água potável em comunidades indígenas e ribeirinhas

Da Secom Os esforços do governador Gladson Cameli para melhorar a qualidade de vida da população acreana não param. Cumprindo agenda em Manaus (AM), nesta...

Polícia investiga prefeito do Acre e suas amantes, que são fantasmas e ostentam na Internet

Enquanto a maioria dos servidores da prefeitura de Xapuri trabalha jornadas de oito horas diárias para ganhar um salário mínimo, duas eventuais funcionárias comissionadas...

Número de alunos entrando no ensino superior público caiu em 2019

O número de alunos entrando em universidades públicas em 2019 foi de 559 mil, uma queda de 3,7% em comparação à quantidade de estudantes...

STF: plenário vai julgar obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou urgência na tramitação de ações ligadas à vacinação contra a Covid-19. Com isso, o magistrado...

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Coronavac

Após ser acusada pelo Instituto Butantan de retardar a fabricação da vacina da farmacêutica Sinovac, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira...

A Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária do Acre (Fundape), deu ordens para não revelar o local onde seus diretores estão reunidos após as irregularidades identificadas no concurso da Prefeitura de Rio Branco. Uma atendente da Fundape disse não ter ordens para passar o contato do presidente e dos diretores da fundação. A prefeita Socorro Neri definiu como “vergonhosa” a situação e está exigindo explicações.

“Eles estão vendo o que será feito”, afirmou a secretária da fundação.  As provas deste domingo (manhã e tarde) foram canceladas. O site da Fundape informa apenas que nova data será comunicada ao público. E trata a situação como “erro técnico”.

A responsabilidade pela organização e lisura do concurso é exclusivamente da entidade que é vinculada à UFAC. A prefeitura contratou uma instituição externa exatamente para evitar qualquer tipo de ingerência no concurso.

Os envelope com as provas da manhã continham gabaritos do nível superior ( de provas que seriam aplicadas somente à tarde). Ao tentar reparar o erro, a Fundape mandou um funcionário até a sede da fundação, mas, ao retornar, ele trouxe uma quantidade insuficiente de provas. Ao menos cinco candidatos ficaram ser receber

 




- Advertisement -

Mais notícias